Manual Prático de Contabilidade - Atualizado!

CONTAS CONTÁBEIS

As contas contábeis constituem-se representações escrituradas de bens, direitos, obrigações, capital, reservas, etc. de uma entidade.

A finalidade de tais contas é registrar as movimentações transcritas do livro diário, expressando-se monetariamente. Cada fato contábil é transportado para as respectivas contas, com sua data, histórico e valor.

As contas poderão ser ativas, passivas, de resultado, ou de compensação.

As contas ativas registram bens e direitos, como numerário (caixa), valores bancários (contas de movimento), clientes (duplicatas a receber), imóveis (terrenos e edificações), etc.

As contas passivas registram as obrigações e os recursos de capital, como contas a pagar (fornecedores), empréstimos tomados (instituições financeiras), capital social, reservas de lucros, etc.

As contas de resultado registram as contrapartidas das mutações patrimoniais, e podem ser subdivididas em contas de receita (como venda de mercadorias) e custos e despesas (como despesas de vendas).

As contas de compensação servem exclusivamente para controle, sem fazer parte do patrimônio. Como exemplos: Títulos Endossados/Endossos Para Desconto, Títulos Caucionados/Endossos para Caução, etc. São de utilização facultativa.

Cada conta têm um título que represente, de forma adequada, o conjunto de movimentações que aglutinará.

Exemplos:

Caixa: registrará a movimentação de numerário (dinheiro) na tesouraria da entidade.

Bancos Conta Movimento - Banco ABC: cheques, depósitos e outras transações movimentados na conta corrente bancária da entidade junto ao Banco ABC.

Duplicatas a Receber: valores relativos à contrapartida dos créditos de vendas.

Produtos Acabados: movimentação dos produtos fabricados.

Capital Social: montante aportado pelo titular, sócios ou acionistas de uma empresa, para formação do respectivo capital.

Receita de Vendas - Produtos: valores havidos pelo faturamento de produtos aos clientes.

Salários Diretos - Produção: registro das remunerações de empregados aplicados na fabricação de produtos.

APRESENTAÇÃO DAS CONTAS NAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

 

Conforme a Resolução CFC N.º 686/90:

 

As contas do ativo são dispostas em ordem crescente dos prazos esperados de realização, e as contas do passivo são dispostas em ordem crescente dos prazos de exigibilidade, estabelecidos ou esperados, observando-se iguais procedimentos para os grupos e subgrupos.

 

Os direitos e as obrigações são classificados em grupos do Circulante, desde que os prazos esperados de realização dos direitos e os prazos das obrigações, estabelecidos ou esperados, situem-se no curso do exercício subseqüente à data do balanço patrimonial.

 

Os direitos e as obrigações são classificados, respectivamente, em grupos de Realizável e Exigível a Longo Prazo, desde que os prazos esperados de realização dos direitos e os prazos das obrigações estabelecidas ou esperados, situem-se após o término do exercício subseqüente à data do balanço patrimonial.

 

Os elementos da mesma natureza e os pequenos saldos serão agrupados, desde que seja indicada a sua natureza e nunca ultrapassem, no total, um décimo do valor do respectivo grupo de contas, sendo vedada a utilização de títulos genéricos como "diversas contas" ou "contas-correntes".

 

ELENCO DE CONTAS E CORRESPONDENTE CONJUNTO DE NORMAS

 

O Plano de Contas, genericamente tido como um simples elenco de contas, constituí um conjunto de normas do qual deve fazer parte, ainda, a descrição do funcionamento de cada conta — o chamado Manual de Contas, que contém comentários e indicações gerais sobre a aplicação e o uso de cada uma das contas (para que serve, o que deve conter e outras informações sobre critérios gerais de contabilização).

 

Exemplo:

 

ATIVO

PASSIVO

 

CIRCULANTE

Caixa, Bancos, Clientes, Estoques, etc.

REALIZÁVEL A LONGO PRAZO

Valores a Receber, etc.

PERMANENTE

Investimentos

Imobilizado

Intagível

Diferido

CIRCULANTE

 

Salários a Pagar, Empréstimos e Financiamentos, Contas a Pagar, Tributos a Recolher, Provisão de Férias e 13º Salário, etc.

 

EXIGÍVEL A LONGO PRAZO

Financiamentos, etc.

RESULTADO DE EXERCÍCIOS FUTUROS

Receitas (-) Custos e Despesas de Exercícios Futuros

PATRIMÔNIO LÍQUIDO

Capital Social

Reservas de Capital

Reservas de Lucros

Prejuízos Acumulados

DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO

RECEITAS

Vendas de Produtos e Mercadorias

Vendas de Serviços

(-) Deduções de Vendas (Tributos e Devoluções)

Receitas Financeiras

Outras Receitas Operacionais, etc.

CUSTOS E DESPESAS

Custo dos Produtos e das Mercadorias Vendidas

Custo dos Serviços Vendidos

Despesas Administrativas

Despesas de Vendas

Despesas Financeiras

Provisão para Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro, etc.

 

Modelos de Planos de Contas

Plano de Contas - Atividade Industrial

Plano de Contas - Entidades sem Fins Lucrativos

Acesse também o curso gratuito Elaboração do Plano de Contas Contábil