Manual do ICMS - Teoria e Prática

 

COMPRA DE MERCADORIAS - REGISTROS CONTÁBEIS
 

Mercadorias são artigos adquiridos pelo comércio para revenda em seus estabelecimentos, seja a varejo, seja em atacado.

 

TRIBUTOS RECUPERÁVEIS

 

O valor dos impostos e contribuições recuperáveis não se inclui no custo das mercadorias.

 

Desta forma, o ICMS destacado na aquisição de mercadoria para revenda deve ser excluído do custo de aquisição, contabilizando-se o valor correspondente em conta própria do ativo circulante. Esse procedimento faz com que a mercadoria adquirida ingresse no estoque da empresa pelo seu valor líquido, ou seja, sem o ICMS incluso no valor da Nota Fiscal.

 

O mesmo se pode afirmar sobre a contabilização do PIS e COFINS, quando recuperáveis.

 

No caso do IPI, se a empresa não tiver direito a crédito desse imposto, o valor correspondente integrará o custo de aquisição das mercadorias.

 

FRETE

 

O valor do frete pago pelo transporte de mercadorias será registrado como parcela integrante do custo de aquisição.

 

EMPRESA QUE NÃO MANTÉM CONTROLE DE ESTOQUES

 

Na empresa que não mantém controle de estoques, usualmente as compras são registradas em contas de resultado específicas (Compra de Mercadorias, ICMS sobre Compra de Mercadorias, Fretes sobre Compras) sendo que na data de apuração dos resultados se faz o levantamento físico dos estoques para a contabilização do valor a débito de estoques e a crédito de conta de resultado, chamado “Estoques Finais de Mercadorias”.

 

IPI NÃO RECUPERÁVEL

 

A empresa comercial, quando adquire mercadoria de indústria, deve considerar o IPI destacado na Nota Fiscal como custo de aquisição, uma vez que, pela sua natureza, não poderá exercer o direito ao crédito desse imposto. 

REGISTROS CONTÁBEIS 

1. Registro do valor total da nota fiscal do fornecedor:

 

D – Estoques de Mercadorias (Ativo Circulante)

C – Fornecedores – Seabra Cia. Ltda. (Passivo Circulante)

 

2. Registro do ICMS recuperável:

 

D – ICMS a Recuperar (Ativo Circulante)

C - Estoques de Mercadorias (Ativo Circulante)

 

3 – Registro do frete:

 

D – Estoques de Mercadorias (Ativo Circulante)

C - Fornecedores – Transportes Paulista Ltda. (Passivo Circulante)

 

4. Parcelas de crédito do PIS e COFINS não cumulativos:

 

D. PIS a Recuperar (Ativo Circulante)

D. COFINS a Recuperar (Ativo Circulante)

C. Estoques de Mercadorias (Ativo Circulante)

 

Para maiores detalhamentos, acesse o tópico COMPRA DE MERCADORIAS, no Guia Contábil On Line.

Conheça também as obras relacionadas:

ICMS - Teoria e Prática

Créditos e Benefícios do IPI


Contabilidade | Publicações Contábeis Cursos | Temáticas | Normas Brasileiras Contabilidade | Glossário | Resoluções CFC | Guia Fiscal | Tributação | Simples Nacional | Modelos de Contratos | Balanço Patrimonial | Legislação Contábil | Programas | Revenda e Lucre | Normas Legais | Boletim Contábil | Boletim Trabalhista | Boletim Tributário | Guia Trabalhista | Guia Tributário | Publicações Jurídicas