Análise das Demonstrações Financeiras

CONTABILIDADE É ESSENCIAL NA AQUISIÇÃO DE EMPRESA

Júlio César Zanluca

Antes de adquirir uma empresa, o investidor deve analisar a sua real situação, levando em consideração não somente os aspectos tributários, mas também o contábil e trabalhista.

Tais medidas são essenciais para os investidores se prevenirem de eventuais riscos inerentes ao negócio. É nesta fase de reconhecimento que problemas, principalmente os relacionados à sucessão tributária, podem ser evitados.

É indispensável uma cuidadosa auditoria nos livros contábeis da empresa para saber de que forma eventualmente poderia vir a ser responsabilizado caso o fisco constatar débitos fiscais. A medida se faz necessária uma vez que o Código Nacional Tributário transmite os passivos fiscais existentes à pessoa que adquiriu ou incorporou determinada companhia ou empresa. Débitos trabalhistas seguem a mesma regra.

Uma contabilidade desorganizada evidencia prováveis problemas futuros. Mas, o simples fato da contabilidade estar 100% não indica a desnecessidade de cautela ou reservas. O ideal é fazer provisão contábil para todos os valores contingentes, como, por exemplo, passivos fiscais em discussão na esfera administrativa - antes de propor o preço e fechar a compra do empreendimento.

Também é necessário verificar se a empresa não tem demandas judiciais. É importante averiguar nos tribunais se a empresa não enfrenta algum processo. Caso existam processos trabalhistas, ambientais, cíveis ou de outras áreas, estes passivos devem ser quantificados, para ponderação na decisão de compra.

A contabilidade pode relevar, ainda, a existência de valores exigíveis, como por exemplo, multas e juros não contabilizados sobre débitos tributários. É comum que as empresas registrem as despesas tributárias, mas não atualizem os encargos sobre débitos pendentes.

Também a existência de contas de depósitos judiciais em instância de garantia indica prováveis passivos contingentes, que devem muito bem ser avaliados, caso por caso.

Outro detalhe importante é a conta de fornecedores - a existência de contas em aberto pode indicar conflitos comerciais não resolvidos ou pendências judiciais.